Município de Cupira

Município de Cupira

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO

Os primeiros habitantes da região provavelmente se estabeleceram em Cupira por volta de 1881. Entre eles, os Srs. José de Melo, Manoel Gomes da Silva, Antônio Soares da Silva e Aleluia de Tal. Aleluia de Tal propôs a construção de uma capela, que foi edificada às margem de uma lagoa onde havia uma baraúna habitada por abelhas da espécie conhecida por cupira. O local, na época parte do município de Panelas, passou então a ser chamado Cupira, em alusão aos insetos. À medida que a povoação crescia, mais estradas eram abertas. Eventualmente, a região tornou-se povoado e, em 1896, fez-se a primeira feira-livre da povoação.[7]

Em 1900, a povoação tornou-se distrito do município de Panelas, com o nome de Taboleiro. Em 1914, o Distrito foi renomeado para Cupira. Em 1953, Cupira desmembrou-se de Panelas, tornando-se município, sendo instalado em 1954. Já em 1955, a região de Laje de São José foi desmembrada do Distrito-sede, tornando-se distrito próprio. Até hoje, o município é composto pelo Distrito-sede de Cupira e pelo Distrito de Laje de São José.[7]

O topônimo Cupira provém do Tupi kupi'ira e significa "abelha do cupim". É uma abelha que faz sua colmeia nos cupinzeiros.

Fontes:
«Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008
«Diagnóstico do município de Cupira» (PDF). Projeto Águas Subterrâneas. Ministério das Minas e Energia. 2005. Consultado em 1 de janeiro de 2010 IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010
«Estimativa Populacional 2017». Estimativa Populacional 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2017. Consultado em 29 de agosto de 2017
«Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013
«Produto Interno Bruto dos Municípios 2017». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2017 Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
«Cupira Pernambuco» (PDF). Consultado em 22 de Janeiro de 2008
Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.
Compartilhar